Author Archive.

Conjugação do Amor

by @ quarta-feira, junho 19th, 2019. Filed under Poesia

Viver, sem amor ter, não é viver, nem ser, por merecer, sequer um ser. É ter, sem nem querer, um só sofrer de ver, com desprazer, se fenecer. Pra dar, a alcançar, e aí mudar… Contar, se desejar, de bem, um mar e alçar, pra despejar, sobre um altar, a eivar, sem sopesar, de tanto [...]

ANARQUIA

by @ quarta-feira, junho 5th, 2019. Filed under Política

Tem-se a noção de que anarquia signifique bagunça, desordem. Nada disso! Anarquia significa ausência de governo. Trata-se da situação em que a sociedade se estabelece sem que haja um governo. Para tal, contudo, é preciso que todos sejam extremamente conscientes, responsáveis, ordeiros e diligentes, para que tudo ocorra a contento e a vida prossiga de [...]

AMOR

by @ terça-feira, junho 4th, 2019. Filed under Relacionamentos

Amor é um sentir, um pensar, um desejar, um querer e um agir, isto é, uma emoção, um sentimento, um apetite, uma volição e uma ação. Mas também é uma intelecção, refletida, consentida, explicitada e assumida. Esse complexo de fatos psíquicos caracteriza o amor em todos os planos, piedade, compaixão, solidariedade, afeição, amizade, amor platônico, [...]

PRIMEIRA CLASSE

by @ terça-feira, junho 4th, 2019. Filed under Música

COMUNISMO

by @ terça-feira, junho 4th, 2019. Filed under Economia

Geralmente se considera que comunismo seja um regime político em que se suprimem as liberdades, a propriedade privada, o pluripartidarismo, a democracia, o livre mercado, promovendo o planejamento central e a estatização de toda a economia, com os trabalhadores se tornando empregados de um único patrão: o estado. Tal sistema é algo malsão e tenebroso, [...]

MEU QUINHÃO

by @ domingo, abril 14th, 2019. Filed under Poesia

Quão vívidas são as doces lembranças. Palavras ternas, promessas de amor. Sonhos construídos, risos, crianças, paisagens, flores… no mundo só cor. A vida vivida com esplendor, carinho, cuidado, muitas bonanças. Cumplicidade, afeto e ardor. Êxtase, paixão… grandes esperanças. Guardo a saudade do que não se deu com muita ternura no coração. Viço formoso que não [...]

BEATITUDE

by @ quarta-feira, fevereiro 22nd, 2017. Filed under Poesia

Há muita gente no mundo que pensa que o amor, na vida, é coisa de vagabundo nunca lhe dando guarida. Tudo o que é importante é o trabalho e o dinheiro. O resto não vai adiante. É coisa de aventureiro. Assim a felicidade escorre entre seus dedos. E quando vier a idade, o peito se [...]

SAUDADE

by @ quarta-feira, setembro 7th, 2016. Filed under Poesia

Saudade, quanta saudade… Saudade da felicidade. Da infância de minha vida. De minha família querida. E da infância de meus filhos, com seus beijos tão melados. Das tardes ensolaradas nas férias tão encantadas. Dos passeios saborosos e os folguedos prazerosos. Saudades dos meus amores. De estar enamorado. Saudades dos sonhos sonhados de uma vida encantadora [...]

DISSABORES

by @ sexta-feira, agosto 19th, 2016. Filed under Poesia

Conheço pessoas maravilhosas: casadas, solteiras ou separadas. Cultas, educadas, muito bondosas, inteligentes, nobres, dedicadas. Que o mundo trouxe muitos dissabores, desilusões, tristezas, amargura. Levando-as a não crer mais em amores, da vida tirando-lhes a doçura. Creiam essas pessoas tão queridas que a vida é só essa, e nada mais merece tantas lágrimas sofridas. Somente um [...]

MORRENDO…

by @ sábado, julho 16th, 2016. Filed under Poesia

Tenho que fazer algo. Mas eu estou com sono. Muito sono. Por que tenho que fazer algo? Porque viver é estar fazendo algo. Quero fazer xixi. Estou apertado. Mas meu corpo não se mexe. Será que eu estou vivo? Bem… Estou pensando. Logo existo! Mas eu poderia existir, estando morto? Como vou conseguir saber? Será [...]

[Ernesto von Rückert is proudly powered by WordPress.]