Archive for the 'Ética' Category

Ética e Religião

by @ domingo, junho 26th, 2011. Filed under Ética

Ética não tem nada a ver com a crença ou descrença em Deus. Portanto é um disciplina puramente humana. Não há diferença entre uma ética ateísta, teísta, deísta, panteísta ou o que seja. A ética não faz nenhuma consideração a respeito de divindades. Apenas trata do que deve ser considerado certo ou errado, bom ou [...]

Política e ética

by @ domingo, junho 27th, 2010. Filed under Política, Ética

Cidadania é uma atitude política e todas as atitudes estão sob a égide da ética. Maquiavel erra ao considerar que os fins justificam os meios. Toda ação humana, e muito especialmente se for política, tem que ser ética. Não digo moralmente correta, pois a moral é o conjunto de prescrições de como agir segundo os [...]

O erro de Dostoiewsky

by @ domingo, maio 23rd, 2010. Filed under Ética

A frase de Dostoiewsky, pela boca de Ivan Karamazov, caracteriza o niilismo, que é uma versão do ateísmo que considera que a ética deriva de concepções religiosas. Isto não é verdade. O estabelecimento do que seja certo ou errado, bom ou mal, justo ou injusto, não deriva da revelação de nenhuma pretensa divindade, mas da [...]

Vício, crime e virtude

by @ sábado, abril 3rd, 2010. Filed under Comportamento, Sociedade, Ética

Vício e virtude são comportamentos. Crime é um ato. Uma pessoa, a respeito de certo assunto, tem um comportamento virtuoso se ele é promotor do bem, isto é, da maximação da felicidade para o maior número de seres, inclusive o autor. Pode ser neutro ou promotor do mal, isto é, causador de sofrimento, prejuízo, dor [...]

O Valor de uma Pessoa

by @ sábado, janeiro 2nd, 2010. Filed under Comportamento, Filosofia, Ética

Uma pessoa humana pode ter valor em razão de vários fatores. Pode valer pelo que possua de riqueza e bens materiais, ou mesmo beleza, força ou inteligência, pois assim será capaz de propiciar a satisfação da maioria de seus desejos e pode, se for generosa, fazer o bem a muita gente. Mas pode também ser [...]

Tradições perversas

by @ sábado, dezembro 26th, 2009. Filed under Sociedade, Ética

É um absurdo que se tolere a manutenção de costumes ultrajantes, como a ablação do clítoris, só por serem tradições. Tradições podem e até devem ser cultivadas por serem úteis, benéficas ou, simplesmente, bonitas. Mas jamais se forem perversas, discriminatórias, humilhantes ou promovam qualquer tipo de dor, prejuízo, sofrimento ou maldade. Nesses casos têm que [...]

Ética e Moral

by @ sexta-feira, agosto 28th, 2009. Filed under Ética

Deixando de lado a etimologia das palavras, ética e moral, no contexto filosófico, passaram a adquirir significados diferentes. A moral é uma disciplina normativa, que fixa procedimentos aceitáveis como corretos em um certo estrato social, em certa época e lugar. Assim, de fato, está relacionada com os costumes vigentes. O caráter moral, imoral ou amoral [...]

Ética, norteadora da moral

by @ domingo, junho 14th, 2009. Filed under Ética

O mais importante, contudo, é que os princípios éticos que devem nortear as prescrições da moral, não são assentados na mente aprioristicamente. Eles são o resultado do processo evolutivo da espécie humana e da interação social dos indivíduos, de forma que podem e devem ser objeto de uma investigação científica analisada por ferramentas estatísticas de [...]

O bem e o mal

by @ quarta-feira, maio 27th, 2009. Filed under Ateísmo, Ética

As noções de bem e de mal absolutamente não possuem nenhuma relação com a existência ou não de Deus. O bem é o que seja capaz de propiciar paz, tranquilidade, alegria, felicidade, bem estar, satisfação e coisas do tipo, enquanto o mal propicia dor, tristeza, mal estar, infelicidade, intranquilidade, insatisfação, contrariedade etc. O bem e [...]

Escassês de caráter

by @ sábado, abril 18th, 2009. Filed under Comportamento, Ética

O maior problema da ciência e de muitas outras atividades hoje em dia é a vaidade das pessoas. Ao invés de se dedicarem ao progresso da humanidade, ficam procurando meios de se auto-promoverem. Grandes homens e mulheres são esquecidos de si mesmos. Não se importam com a glória, mas com os benefícios de seu trabalho. [...]

[Ernesto von Rückert is proudly powered by WordPress.]