Archive for the 'Consciência' Category

Eletricidade e energia mentais

by @ domingo, junho 14th, 2009. Filed under Consciência

A expressão “toda a eletricidade usada para formara a consciência” carece de significado. A consciência (psíquica, não a moral) não é formada de “eletricidade” e nem de “energia”. Primeiro porque “eletricidade” é um termo vago que envolve os conceitos de “interação elétrica”, “carga elétrica”, “corrente elétrica”, “energia elétrica” e outros; e “energia” não é uma [...]

Auto-consciência

by @ quarta-feira, maio 27th, 2009. Filed under Consciência, Religião

É preciso entender que o conceito de Deus é que foi concebido pelo homem à imagem e semelhança dele mesmo, para que pudesse dizer que ele, homem, fora feito à imagem e semelhança de Deus. Se considerarmos a imensidão do Universo, mesmo com a raridade das condições propícias ao desenvolvimento de vida inteligente que a [...]

Minha concepção de “alma”.

by @ segunda-feira, abril 20th, 2009. Filed under Comportamento, Consciência

Considero que o entendimento de “alma” como uma entidade substancial de natureza não física é difícil de ser aceita. Esta alma seria a sede da consciência, da memória, dos pensamentos, dos sentimentos, da vontade, enfim, de toda a vida psíquica, especialmente do “eu”, que o Beto está chamando de “EPP”. Ora, para sediar tudo isto, [...]

Inconsciente e espírito

by @ sexta-feira, março 20th, 2009. Filed under Consciência

Não vejo que a existência do inconsciente tenha alguma relação com a de espíritos, se é esta a ligação que o Eros está querendo fazer. Para mim o inconsciente (id) é apenas o processamento mental que se dá sem que o “eu” tenha dele conhecimento, que é muito mais volumoso do que o processamento mental [...]

Surgimento do nada

by @ sexta-feira, março 20th, 2009. Filed under Consciência, Cosmologia

As leis de conservação descrevem o comportamento da natureza existente. Elas não a precedem. Assim, não havendo Universo, não há leis naturais. Logo nada precisa ser conservado e não há impedimento para o surgimento de qualquer coisa sem que se origine de algo precedente. O surgimento de tudo a partir do nada só viola o [...]

Deus e a Física Quântica

by @ domingo, fevereiro 22nd, 2009. Filed under Ateísmo, Consciência, Física Quântica

Física Quântica e relativística é, simplesmente, Física, pois a natureza é quântica e relativística. E não tem nada de esoterismo e de sobrenatural. Essa história de que a Física Quântica tem alguma coisa a ver com uma propalada “Consciência Cósmica” não tem fundamento. A Física Quântica não dá suporte nenhum para a crença na existência [...]

Conhecimentos psicológicos

by @ domingo, fevereiro 15th, 2009. Filed under Consciência, Inteligência

O fato de não se ter um conhecimento amplo e profundo dos fenômenos psíquicos sob um prisma fisicalista, num nível comparável aos conhecimentos físicos, astronômicos, geológicos e outros, não é de se estranhar, uma vez que a complexidade de qualquer fenômeno biológico, especialmente os neurológicos, é muitas ordens de grandeza superior à dos não biológicos. [...]

Consciência artificial

by @ quinta-feira, janeiro 22nd, 2009. Filed under Consciência

A questão do artefato consciente, que experimente até emoções e sentimentos, é difícil, mas não impossível. A mente biológica resulta da estrutura e dinâmica do organismo, principalmente do sistema nervoso, mas também do resto (glândulas endócrinas e tudo o mais). E isto é algo em permanente construção (a criação de dendritos a partir do meio [...]

Mente e Realidade

by @ quarta-feira, janeiro 21st, 2009. Filed under Consciência, Metafísica

Sobre a realidade e sua percepção, é claro que você só toma conhecimento do mundo por uma percepção, mas esta se dá porque algo a desencadeou e este algo está fora da mente. Supor a precedência da mente não é compatível com a concordância das percepções das várias mentes e nem com a da própria [...]

Naturalidade da consciência

by @ terça-feira, janeiro 20th, 2009. Filed under Consciência

Estudar a consciência é justamente, estudar como o cérebro é capaz de gerá-la, e ele o faz. Todos os atributos do psiquismo, como o intelecto, o pensamento, o raciocínio, a intuição, as emoções, os sentimentos, a consciência e o “eu”, são produtos da atividade neurológica, conjugada com a hormonal, bem como com o funcionamento de [...]

[Ernesto von Rückert is proudly powered by WordPress.]