Archive for the 'Matemática' Category

A Razão Áurea

by @ terça-feira, novembro 13th, 2012. Filed under Ciências, Matemática

Muitos me perguntam se há algo esotérico ou cabalístico na razão áurea. Porque motivo a natureza se comporta de modo a exibir essa razão em suas construções? Ora, isso é, nada mais, do que uma consequência natural de que, quando algo cresce, o crescimento é proporcional ao que já se tem. Como o juro composto. [...]

Zero, infinito e o argumento Kalam

by @ terça-feira, dezembro 14th, 2010. Filed under Cosmologia, Matemática

O número zero existe sim, mesmo que represente a cardinalidade do conjunto vazio! E antes de Deus criar o Universo não havia estado imutavel nenhum, pois se houvesse, o Universo já existiria, estaticamente, e Deus apenas o teria posto em funcionamento. Isto é o que se chama de pandeísmo. No teísmo, adotado pelo cristianismo, Deus, [...]

Cardinalidade

by @ sexta-feira, julho 16th, 2010. Filed under Matemática

Para dizer se números existem ou não é preciso, antes de tudo, precisar o que significa “existir”. Existir é pertencer à realidade, mas há diversas categorias de realidade. A mais básica é a física, ou concreta, das coisas da natureza, como objetos materiais, mas também os campos de força e as radiações. Esta é objetiva, [...]

Lobatchevski

by @ sexta-feira, abril 2nd, 2010. Filed under Matemática

Veja, na coluna da esquerda, o artigo que escreví, em 1968, sobre a Geometria de Lobatchevski (ou Lobachevsky). Para um cotejo com as informações atuais, vejam: http://en.wikipedia.org/wiki/Nikolai_Lobachevsky http://en.wikipedia.org/wiki/Hyperbolic_geometry

Matemática natural

by @ domingo, fevereiro 28th, 2010. Filed under Epistemologia, Física, Matemática

Certamente que a matemática (que inclui aritimética, álgebra, geometria, análise, topologia e tudo o mais) é um construto humano, que estabelece relações entre símbolos representativos de objetos abstratos, de uma forma lógica e com uma metodologia capaz de possibilitar inferências correspondentes a novas relações a partir de outras. O mais curioso é que, quando se [...]

A matemática e a realidade.

by @ quinta-feira, junho 25th, 2009. Filed under Matemática

A matemática, diferentemente do que pode parecer, não é uma pura abstração. Suas afirmações foram construídas de uma forma que generaliza noções advindas das observações empíricas do mundo real. Então se faz todo um arcabouço teórico para dar consistência e validade ao conjunto. Mas, em última análise, a matemática espelha o modo como a natureza [...]

Diferenciais inexatas

by @ sábado, maio 2nd, 2009. Filed under Matemática

Em termos conceituais uma diferencial inexata é um porção infinitesimal (me perdoem os matemáticos) de qualquer grandeza. Uma diferencial exata é uma variação infinitesimal de uma grandeza que seja uma função. Às vezes é possível que exista uma função cuja variação corresponda ao valor de certa grandeza, mas, em geral, não. O calor e o [...]

Os infinitos

by @ sábado, maio 2nd, 2009. Filed under Cosmologia, Matemática

A noção de cardinais transfinitos, devida a Cantor, pode ser compreendida neste artigo: http://www.ruckert.pro.br/texts/cardinais_%20transfinitos.pdf . O espaço-tempo é uma variedade diferenciável de cardinalidade alef 1, tenha extensão infinita ou finita (a cardinalidade alef 0 é a do infinito enumerável, alef 1 é a do contínuo e alef 2 é a do conjunto dos subconjuntos de [...]

Infinito natural

by @ sábado, janeiro 3rd, 2009. Filed under Cosmologia, Matemática

A matemática trata de entes abstratos, isto é, construtos da razão. Todavia ela os constrói por abstração de entidades concretas, do mundo real. A noção de infinito, pois, não é apenas matemática, onde possui uma realidade dentro da categoria das realidades conceituais (e, como disse o terceiro braço, há vários infinitos – vejam: http://www.ruckert.pro.br/blog/?page_id=114 ), [...]

Cálculo no Ensino Médio

by @ sábado, dezembro 13th, 2008. Filed under Educação, Matemática

Considero viável o ensino de limites, derivadas e integrais de funções de uma variável no Ensino Médio. Para tal seria preciso que as escolas deixassem de se preocupar com o que cai ou não no vestibular e não transformassem o terceiro ano em um cursinho pré-vestibular embutido no nível médio. Lecionei na EPCAR em Barbacena, [...]

[Ernesto von Rückert is proudly powered by WordPress.]