Archive for the 'Cosmologia' Category

Surgir do Nada

by @ quinta-feira, novembro 25th, 2010. Filed under Cosmologia

E o que havia antes? Nada! Nem “antes”. Note que “nada” não é algo que tenha existência. Dizer que não há nada não é dizer que há algo que seja “o nada”. O interessante é que, quer se considere que o Universo tenha sido criado por Deus ou não, seu conteúdo não foi proveniente de [...]

Espaço e Tempo

by @ quinta-feira, novembro 25th, 2010. Filed under Cosmologia

Temos que entender o que é espaço e tempo. Espaço é a cabência, isto é, a capacidade de caber coisas, mesmo sem tê-las. No Universo, tudo o que existe ocupa um volume e tem uma localização relativa ao resto. Não há lugares vazios no Universo. Sempre há, pelo menos, radiação e campo. A luz atravesso [...]

Porque o Universo começou

by @ quinta-feira, novembro 25th, 2010. Filed under Cosmologia

A observação do espaço mostra que os objetos celestes exibem raias espectrais na radiação luminosa que emitem e captamos. A química mostra que cada elemento possui um conjunto típico de raias que permitem sua identificação, quando luminosos ou quando absorvem luz. Analisando o espectro e vários objetos astronômicos, observa-se que muitos têm o conjunto das [...]

Universo e Deus

by @ quinta-feira, novembro 25th, 2010. Filed under Cosmologia

Por Universo se entende o conjunto de tudo que existe, existiu e existirá, palpavelmente falando. Isto é, excluindo abstrações, que não têm existência fora de mentes que as concebam. Isto inclui o espaço, o tempo e o que neles existe e evolui, que são os campos, a matéria e a radiação, bem como as estruturas [...]

Argumento Kalam

by @ quinta-feira, novembro 25th, 2010. Filed under Cosmologia

O que o Argumento Kalam diz é que se o começo do Universo se situasse num momento infinitamente afastado para o passado, o presente não poderia existir, pois não se teria decorrido tempo suficiente para se chegar a ele, já que esse tempo seria infinito e infinito não é um valor acessivel. Como o presente [...]

Eternidade e entropia

by @ quinta-feira, novembro 25th, 2010. Filed under Cosmologia

Existem evidências observacionais, como a expansão cósmica e a radiação de fundo do Universo, que indicam que o Universo teve, de fato, um início. Isto contudo, não decorre da Segunda Lei da Termodinâmica, que afirma que a entropia de um sistema isolado nunca diminui e não que sempre aumenta. Ela poderia permanecer constante, o que [...]

Provir do nada

by @ sexta-feira, julho 30th, 2010. Filed under Cosmologia

Como nada não é coisa alguma, não se pode provir do nada. Mas isto não significa que algo não possa surgir sem que seja proveniente de alguma coisa. Isto não é proibido e não significa “surgir do nada”, mas sim surgir sem ser de coisa nenhuma. Tanto sem procedência quanto sem causa e nem propósito. [...]

Nem objetivo nem criação

by @ domingo, julho 18th, 2010. Filed under Cosmologia

Não há evidência alguma de que nem o homem nem todo o Universo tenham sido “criados”. Tudo “surgiu” de modo fortuito, sem requerer a ação extrínseca de nenhuma entidade provocadora do surgimento. Assim, tal surgimento se deu sem razão nem propósito nenhum. Tudo existe por acaso e poderia não existir.

Dialética fenomenológica

by @ domingo, julho 18th, 2010. Filed under Cosmologia, Filosofia

Conceber o mundo como dialético em si mesmo, isto é fenomenologicamente e não só logicamente, é considerar que tudo o que existe surge da contrafação entre algo tomado como tese e o que lhe for antagônico, tomado como antítese, contrafação da qual emerge uma síntese que é o surgimento do que quer que seja. Neste [...]

Viagens cósmicas

by @ sexta-feira, julho 16th, 2010. Filed under Cosmologia

Uma nave que viaje a 90% da velocidade da luz (971 milhões de km/h) chegaria ao centro da via láctea, que está a 26.000 anos-luz (um quarto de quintilhão de quilômetros), em 28.889 anos, para quem ficar aqui. Ida e volta seriam 57.778 anos, tempo em que a Terra e o Sol ainda estariam sob [...]

[Ernesto von Rückert is proudly powered by WordPress.]