O bem e o mal

by @ 1:26 on 27 maio 2009. Filed under Ateísmo, Ética

As noções de bem e de mal absolutamente não possuem nenhuma relação com a existência ou não de Deus. O bem é o que seja capaz de propiciar paz, tranquilidade, alegria, felicidade, bem estar, satisfação e coisas do tipo, enquanto o mal propicia dor, tristeza, mal estar, infelicidade, intranquilidade, insatisfação, contrariedade etc. O bem e o mal não estão nos seres e nas coisas, mas nas ações. Como toda ação tem um agente e um paciente, para este, tal caráter está no que sente, independentemente do que ou quem tenha feito a ação e com qual intenção. Todavia a imputação de uma qualidade ética é feita ao agente da ação, desde que a tenha feito sem coação. Assim a natureza pode provocar, em suas ações, um bem ou um mal, mas a ela não se pode imputar a qualidade de ser boa ou má. Ela é indiferente. Da mesma forma, alguém que age sem liberdade, obrigado por alguma coação física ou mental, não pode, por isto, ser taxado de bom ou mal. A qualidade ética de uma ação só se aplica a um agente consciente e livre. Quem deliberdamente agir com a intenção de prejudicar ou causar dor, sofrimento, prejuízo, mal estar ou qualquer dano a quem quer que seja, mesmo à natureza, está agindo de forma maldosa, portando fazendo um mal. Se agir de forma a propiciar satisfação, alegria, bem estar, felicidade e coisas assim, está fazendo um bem. Mas pode agir de forma indiferente ou neutra e não estar fazendo nem bem nem mal. A noção de que o mal é a ausência do bem é falsa. Ausência de bem e de mal é uma atitude neutra. Bem e mal são deliberada e positivamente intentados.
Supor que Deus seja a fonte do bem enquanto o demônio seja do mal é uma atribuição feita “a posteriori”. Tais conceitos existem apriorísticamente. A noção de Deus das crenças abrahãmicas é a de um ser bondoso. Mas nem todas as crenças atribuem bondade a Deus, apenas poder.

The URI to TrackBack this entry is: http://www.ruckert.pro.br/blog/wp-trackback.php?p=3142

Leave a Reply

Please note: Comment moderation is currently enabled so there will be a delay between when you post your comment and when it shows up. Patience is a virtue; there is no need to re-submit your comment.

[Ernesto von Rückert is proudly powered by WordPress.]