Matemática natural

by @ 18:21 on 28 fevereiro 2010. Filed under Epistemologia, Física, Matemática

Certamente que a matemática (que inclui aritimética, álgebra, geometria, análise, topologia e tudo o mais) é um construto humano, que estabelece relações entre símbolos representativos de objetos abstratos, de uma forma lógica e com uma metodologia capaz de possibilitar inferências correspondentes a novas relações a partir de outras.
O mais curioso é que, quando se faz uma correlação entre os entes matemáticos e os entes naturais para que a matemática os represente, as inferências obtidas matemáticamente, na maior parte das vezes, são detectatas de forma correspondente nas entidades naturais representadas. Acho que isto não é uma mera coincidência.
É claro que a física precisa testar a veracidade dessas conclusões teóricas, como o desvio da luz tangente a um eclipse e a precessão do periélio de Mercúrio confirmaram a relatividade geral. Mas os físicos teóricos têm uma confiança muito grande de que a experiência confirmará suas teorias, deduzidas matematicamente.
No meu entendimento, isto advém do fato de que a lógica, alicerce da matemática, não é gratuita, mas é tal qual é em virtude da natureza ser tal qual é. Isto é, a matemática é, de certa forma, uma ciência natural e não uma abstração. Pelo menos a matemática que tem utilidade.

The URI to TrackBack this entry is: http://www.ruckert.pro.br/blog/wp-trackback.php?p=3754

Leave a Reply

Please note: Comment moderation is currently enabled so there will be a delay between when you post your comment and when it shows up. Patience is a virtue; there is no need to re-submit your comment.

[Ernesto von Rückert is proudly powered by WordPress.]