Energia estelar

by @ 3:27 on 16 julho 2010. Filed under Astronomia, Física

Ao proceder à fusão nuclear do conteúdo de seu caroço, as estrelas liberam energia, carreada para fora tanto pelos fótons quanto pelos neutrinos, bem como pela energia cinética das partículas resultantes da fusão, em geral núcleos de Hélio. A energia cinética dos produtos da reação é desprezível. A fração correspondente à energia dos neutrinos varia de 2% a 30%, dependendo do tipo de reação ocorrida. De qualquer modo sua contribuição é menor do que a dos raios gama. Estes são que, principalmente, aquecem o interior da estrela, ao serem absorvidos pelos íons e átomos e, assim, provocam a pressão que impede que a gravidade colapse a estrela. Quando o combustível nuclear se esgota, nada impede o colapso gravitacional e, então, ocorre a explosão.

The URI to TrackBack this entry is: http://www.ruckert.pro.br/blog/wp-trackback.php?p=4007

Leave a Reply

Please note: Comment moderation is currently enabled so there will be a delay between when you post your comment and when it shows up. Patience is a virtue; there is no need to re-submit your comment.

[Ernesto von Rückert is proudly powered by WordPress.]