Minha opção pela Marina

by @ 18:15 on 26 julho 2010. Filed under Política

Votarei na Marina Silva para presidente, apesar dela ser crente e criacionista. Meu receio está em que assuntos que atinjam seu credo religioso possam influenciar suas decisões: pesquisa científica, posicionamentos que esbarrem na ética dita cristã, como células-tronco, pesquisas genéticas e doações de órgãos, por exemplo. Este é o senão que vejo nela. De qualquer modo, prefiro um crente honesto do que um ateu que não o seja. Para mim, Dilma e Serra não são confiáveis pelos compromissos assumidos com quem os apoiam e, mesmo, pelo que vejo de sua conduta política. É claro que podem até ser competentes, mas isto é uma segunda condição. A primeira, inescapável, é a honestidade e o compromisso com um governo fundamentalmente ético, antes de tudo. Quanto aos tópicos que mencionei, isto é mais da alçada do legislativo, apesar de poder haver o veto presidencial, que, inclusive, pode ser derrubado. Mas, nos outros aspectos, o programa da Marina é muito melhor e, o que é mais importante, Marina inspira a confiança de que, de fato, o cumprirá. Sinceramente, já votei no Lula e no PT em muitas eleições, mas estou inteiramente decepcionado com esse partido. O mesmo se dá com o PSDB. Aquele idealismo do tempo do MDB esvaiu-se completamente. E coisa que eu abomino é pragmatismo. Marina não é o presidente ideal, mas é preferível, especialmente porque também é mulher, mestiça de negra e de origem pobre. Mas não é ignorante como o Lula. É claro que um homem branco e rico poderia ser um bom presidente. Depende de sua ideologia e conduta. No contexto desta eleição, voto em Marina. Jamais faço uso do “voto útil”.

Fico num dilema: Realmente não confio nem no Serra nem na Dilma para defenderem os interesses genuínos do povo. Os nanicos não contam. Sobra a Marina, que acho que defende interesses legítimos, mesmo sendo crente. Queria uma presidente, mulher, inteligente, ética, negra, atéia, lésbica, física, literata, filósofa, anarquista e inteiramente intransigente com a desonestidade e a corrupção, além de extremamente competente em política, mas política verdadeira e não politicagem. Isto é que seria bom para o Brasil e o mundo. Porque lésbica? Isto não é essencial, é só para caracterizar um posicionamento independente, inconformista e não alinhado com nenhum padrão vigente de pseudo-moralidade. Moralidade é não compactuar com falcatruas e fisiologismo político.

The URI to TrackBack this entry is: http://www.ruckert.pro.br/blog/wp-trackback.php?p=4044

2 Responses to “Minha opção pela Marina”

  1. simone maria disse:

    Meu voto também será da Marina pelos mesmos motivos que você enumerou. Agora, quanto ao fato de ser crente, pode ser uma máscara. Não esqueça que muita gente boa nesse país e em outros já perdeu eleição por se declarar ateu. Ela mostra a imagem que o povo quer ver, mas não podemos apostar nas suas convicções.

  2. Beth disse:

    Ernesto sono veramente straordinari su parola,
    sinceri complimenti. Stai facendo un ottimo lavoro,
    continua a regalarci tante emozioni come stai facendo.

Leave a Reply

Please note: Comment moderation is currently enabled so there will be a delay between when you post your comment and when it shows up. Patience is a virtue; there is no need to re-submit your comment.

[Ernesto von Rückert is proudly powered by WordPress.]