Energias esotéricas

by @ 12:30 on 29 junho 2011. Filed under Esoterismo

Essas noções de esotéricas de “energia” positiva e negativa não têm nenhum fundamento fático. Isto é, simplesmente não existem. Energia é apenas o atributo de sistemas físicos que os capacitam a realizar trabalho ou transferir calor (que é o resultado macroscópico de inúmeros trabalhos microscópicos). Pode advir do movimento relativo (energia cinética) ou da posição em um campo de interação (energia potencial). Tal atributo é quantificável em uma grandeza também denominada energia, cujo valor é relativo ao referencial e calibrado em termos da escolha do nível zero e da unidade de medida. Nada mais do que isso. Energia, inclusive não é uma entidade, como matéria, campo e radiação, que constituem substancialmente o Universo, mas apenas uma propriedade dessas entidades, como carga, massa, rotação, posição, velocidade e outras. O que se costuma chamar de “energia”, do ponto de vista psicológico, melhor seria descrito pelas palavras “ânimo” ou “disposição”, ao invés de energia. O que é capaz de fornecer energia a uma pessoa é o alimento ou um banho de Sol, mas esta última é irrelevante para a capacidade humana de realizar trabalho. Só isso!!!

O que pode existir é uma influência positiva em termos de animar a pessoa para que ela se sinta disposta a trabalhar com afinco para conquistar o que deseja. Que o pensamento tenha uma ação direta sobre os fenômenos físicos é algo inteiramente falso. Transmissão de pensamento, telecinese, mediunidade, tudo isso não existe. Espíritos não existem. A única coisa que existe são as entidades naturais: matéria, radiação e campos, além, é claro, do espaço e do tempo. Energia não é uma entidade, mas um atributo de sistemas físicos que pode ser medido por uma grandeza também denominada energia. Fluxo de energia não é fluxo de algo substancial, mas de uma propriedade que é passada de um sistema a outro pelas interações entre eles. E só existem quatro tipos de interação: gravitacional, eletromagnética, nuclear forte e nuclear fraca. Tudo o que acontece no Universo se recua a dois tipos de fenômenos: movimento e interação. Até o pensamento e as emoções. Eles ocorrem em virtude da fisiologia físico-química do cérebro. Isto é o que se denomina monismo fisicalista ou fisicalismo (antigamente chamado de materialismo, só que esta denominação é inapropriada, pois a natureza não é composta só de matéria, mas também de campos, radiação e das estruturas, dinâmicas e ocorrências que se dão com essas entidades no espaço e no tempo). O que não existe são “influências” de algum tipo espiritual, devido à transferência de algum tipo de fluido ou onda esotérica. As influências existentes são comunicadas a qualquer ser sensiente pelos órgão dos sentidos que possui, que, certamente, não são apenas os cinco tradicionais. Além deles há os sentidos de temperatura, dor, cócegas, posicionamento esquelético, aceleração, fome, sede, vontade de urinar, defecar e muitos outros. A presença de uma pessoa fora do alcance da visão pode ser sentida pela movimentação do ar, percebida pelo pelos da pele, ou pela temperatura ou pelo ruído do ar deslocado. Infrasons excitam a retina.

The URI to TrackBack this entry is: http://www.ruckert.pro.br/blog/wp-trackback.php?p=4297

Leave a Reply

Please note: Comment moderation is currently enabled so there will be a delay between when you post your comment and when it shows up. Patience is a virtue; there is no need to re-submit your comment.

[Ernesto von Rückert is proudly powered by WordPress.]