O Andar do Bêbado

by @ 14:15 on 23 janeiro 2013. Filed under Pessoal, Sociedade

Terminei de ler, de novo, o livro “O Andar do Bêbado” do Leonard Mlodinow. Além de traçar um belo panorama da história da Teoria das Probabilidades e da Estatística, o autor mostra, cabalmente, por meio da análise de muitos casos. como a maior parte do que se supõe que seja resultado de planejamento, é resultado meramente do acaso e das coincidências. Ter plena ciência disso é fundamental para que se tenha uma boa noção dos fatores que conduzem a nossa vida e saber que, em grande parte, ela não é, absolutamente, conduzida por nada. Mostra, ainda, que muito do que se atribui à competência dos agentes, não passa de sorte (acaso) e que grande sucesso não significa, na maior parte das vezes, muito talento. A seguir vou ler “Uma Senhora toma Chá”, do David Salsburg. Mas antes tenho que acabar outros que estou lendo em paralelo: “O Mito da Monogamia”, de Barash e Lipton, “Visão a Partir de Lugar Nenhum”, de Thomas Nagel e “História do Pensamento Ocidental”, de Bertrand Russell.

The URI to TrackBack this entry is: http://www.ruckert.pro.br/blog/wp-trackback.php?p=4563

Leave a Reply

Please note: Comment moderation is currently enabled so there will be a delay between when you post your comment and when it shows up. Patience is a virtue; there is no need to re-submit your comment.

[Ernesto von Rückert is proudly powered by WordPress.]